segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Matéria

Amarga, vida amargada!
Amarga massa da poesia!
Navego a teu sabor...
Desnorteado
E tonto e tanto!

Nenhum comentário: